Como Legalizar Carros

legalizar cocheSaiba como legalizar carros importados em Portugal. Descubra quais são os passos necessários para registar carros trazidos do estrangeiro e começar a circular com matrícula portuguesa.

Importar carros e legalizar é um processo caro e muito complexo, sendo necessário bastante tempo e preencher muitos papéis, no entanto, em alguns casos, continua a ser mais vantajoso ir ao estrangeiro buscar carro do que comprar veículo em solo nacional, onde alguns automóveis usados podem custar até 50% mais que o preço de veículos importados. O primeiro passo de legalização do veículo começa logo no momento da compra, no país onde foi adquirido o automóvel, em que além do valor do veículo, terá ainda que somar o IVA, o Documento Único Automóvel e o Certificado de Conformidade Europeu (COC). Você deve receber estes documentos no momento da compra e são necessários para legalizar o seu automóvel.

Legalizar Carro Importado em Portugal

Depois de comprar um veículo importado você poderá comprar uma matrícula temporária, para poder circular. Para transportar o carro para Portugal pode enviar através de camião, reboque ou conduzir até Portugal, no entanto é importante fazer um seguro temporário de viagem (entre 200 e 400€ e com validade de 30 dias). O transporte de camião custa cerca de 600€ e inclui seguro.

Quando tiver o carro já em Portugal é necessário tomar as seguintes providências:

  1. Fazer a Inspeção Automóvel – Deve dirigir-se a um centro de inspeções e efetuar a inspeção automóvel e exame técnico, para fazer o pedido de matrícula. Para isso é necessário usar levar o Documento Único Automóvel, Certificado de Conformidade Europeu (COC) e o modelo 9 do IMTT preenchido.
  2. Fazer o pedido de homologação – Agora tem que substituir o COC por um documento equivalente nacional. Dirija-se ao Instituto da Mobilidade e dos Transportes Terrestres (IMTT) para pedir a homologação do COC, e depois na Alfândega na sua localidade para pedir e preencher o documento de Declaração Aduaneira de Veículos (DAV), onde terá que fazer o pagamento do Imposto Sobre Veículos (ISV).
  3. Pedir nova Matrícula – Na Alfândega é necessário fazer o pedido de matrícula nacional para o seu carro novo. Terá que levar todos os documentos que recebeu até agora, assim como os seus documentos pessoais.
  4. Pedir o Documento Único de Circulação (DUA) – Quando receber o DAV poderá circular com o seu veículo durante 60 dias. Para terminar, tem que pedir o DUA na Conservatória do Registo Automóvel.
  5. Pagar o Imposto de Circulação – O processo de legalização do carro termina com o pagamento do Imposto de Circulação na repartição do Ministério das Finanças (ou através do Portal das Finanças Online). Depois já poderá fazer o seguro automóvel para poder circular pelas estradas portuguesas.

Quanto custa legalizar carros importados?

O preço de legalização do carro varia de acordo com o preço de de venda, ano do automóvel, tipo de combustível, emissão de CO2, cilindrada, entre outros dados do automóvel. Se você não quiser ter lidar com todo o processo burocrático de legalização, poderá recorrer ao serviço de uma empresa de legalização de automóvel que tratará de todos os documentos necessários. Estes tipo de serviço custa entre 200 a 300€.